Poema: Convid-me-9

Edward Robert Hughes - Midsummer Eve (1908c) (Wikimedia Commons)

Só os mortos morrem.
Só os vivos vivem.
A morte não é apenas um fato, é um processo que começa no momento do nascimento, de chegada ao mundo.
Dar a luz significa abrir os caminhos para um novo começo.
Importante: terra deu, terra come.
Não pense que a morte é algo ruim, é apenas um elemento essencial do ciclo da natureza.
Lembre-se: a natureza é sábia.
Por isso lembro: “Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá, as aves que aqui gorjeiam, não gorjeiam como lá.”

Rio Vermelho, entre os pinheirais, onde me inspirei para criar o poema
Leu até aqui? Obrigado! Talvez se interesse por outros conteúdos:
Sobre Rafael Gottardi Ludovico 1 artigo
Rafael Gottardi Ludovico é jardineiro, pretendia dizer que é Boticário, mas por não saber se pode, por não ter esse título oficialmente, prefere se qualificar como boticário amador, talvez.

Seja o primeiro a comentar

Comente!