Manifesto pela Umidificação Nacional

Gorba: você viu este manifesto pela umidificação nacional?

Textingo com perspectivas revolucionárias de providências radicais ou medidas drásticas para situações trágicas-dramáticas.

Por que tamanha seca? Não sei, deve ser porque estão tacando fogo no mundo todo…. É, pode não ser isso. 

É que o governo obriga a gente usar máscara na rua, aí não umedece o ar, apenas a máscara, consequentemente não chove. Essa é a única explicação possível, diríamos.

Nada mais no mundo atual justifica.

Não deve ser coincidência essa seca e o uso de máscaras. Menos catarro no ar por m³.
Podemos tossir e espirrar para cima para aumentar a quantidade de partículas de água.

Tá faltando proatividade de nós, cidadãos comuns!

Se todo mundo pendurar a roupa pingando no varal, será que junta água suficiente na atmosfera pra chover? Ou podemos aproveitar os lugares cercados por água. Nesses lugares, como que não chove? Tem que ir lá todo mundo e jogar água pra cima. Podem se jogar na água, que a água faz SPLASH

tibum

tigur

ou outro som aleatório de corpos arremessados na água.

As pessoas tão em romófice,  não vão pro serviço. Lá no serviço é que tem ar condicionado, que reúne toda a água de baba do pessoal e joga direto no ar. Sem isso, não tem chuva. A gente precisa de mais saliva no ar.

VAMO CUSPI NO VON SOLARO
(Joan Willians aprova esta mensagem)

Providências devem ser tomadas. Podia ter até feriado nacional. Dia da Tomada de Providência. O dia que todos arregaçamos as mangas, lambemos os beiços e esticamos os cotovelos, rumo ao grande projeto de hidratação nacional justa, democrática, solidária e cidadã.

Como resolver essa crise de forma ordinária e completamente irresponsável? Cabe a nós começar a espirrar para cima, sem máscara, e não centrifugar a roupa antes de pendurar no varal.

A este documento nomeamos, por falta de nome melhor,

Manifesto pela Umidificação Nacional™, 

ou pelo menos da parte que tá seca pra caralho.

Teje dito tudo que tá escrito.

Nota de interpretação de texto: usem máscara, seus cornos. 

Signatárias: 

Ruth, constipada e com rinite

Salomé, com saudades do tietê

Val, besuntada de creme hidratante de marca famosa porém duvidosa

Sobre Sacolão Incorporações 2 artigos
muito pós-moderna da nossa parte.

1 Comentário

Comente!