Qual a idade certa para transar?

Um fantasma sempre ronda as rodas de conversa dos adolescentes: a temida primeira vez. Muito se fala sobre isso e poucos oferecem de fato a resposta para essa pergunta: Afinal, qual a idade certa para transar?

Primeiro precisamos falar de nossa estrutura social, que moralmente condena o sexo antes do casamento, quando o casal é muito jovem e muitas outras coisas que já sabemos e ouvimos durante toda a vida.

Além disso existe uma enorme preocupação dos pais com relação a isso, e muitos inclusive tentam blindar os filhos de tudo relacionado a isso, o que impede que o mesmo experimente essa sensação.

Tendo esse pano de fundo, podemos iniciar nosso debate se existe ou não idade certa para transar, e como saber se você está de fato pronto para tal ato.

Existe idade para iniciar uma relação sexual?

De uma forma ampla, não é possível precisar uma idade ou uma faixa de idade que seja mais recomendado o início de uma relação sexual, já que existem muitas variáveis envolvidas nesse processo.

A indicação é que a pessoa já seja de certa forma desenvolvida biologicamente falando e principalmente no âmbito psicológico, afinal é um ato que exige maturidade e também certa preparação.

Isso porque é um ato que não pode ser feito de qualquer maneira, sobre qualquer condição e principalmente sem o consentimento das duas partes, de maneira que os dois decidam por si só, sem a pressão externa.

A fase da adolescência é a mais indicada para esse início, ainda que alguns pais não concordem. No entanto, é preciso entender que não é um início obrigatório para todos, já que cada um desenvolve em um ritmo diferente.

Além disso a cultura pode influenciar e principalmente a abertura para conversar sobre o tema com os pais, que podem ser uma fonte para se tirar dúvidas e ter maior certeza sobre a decisão em si.

Já transei, e agora?

Se você já teve a sua primeira vez e não sabe o que fazer, a melhor indicação é conversar com seus pais, para que eles possam, a partir daí, traçar alguns planejamentos necessários e instruir você nessa nova descoberta.

É natural que eles possam se mostrar irredutíveis no início, mas certamente poderão lhe dar as melhores dicas. Caso não seja possível, conte com pessoas adultas de sua confiança que possam lhe instruir da melhor maneira.

Cuidados essenciais para uma primeira vez

A primeira vez é muito marcante para muitas pessoas, mas não é por isso que não se deve ter preocupações. A primeira e mais importante delas é o uso de camisinha, para se evitar gravidez indesejada e também as doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Dados recentes do Ministério da saúde apontam um crescimento na ocorrência de DST’s em adolescentes, e boa parte foi adquirida na primeira relação de uma das partes, o que aumenta o alerta.

Outra coisa importante é tomar a decisão quando estiver pronto, sem que outras pessoas, inclusive a envolvida, possa forçar uma relação.

Uma relação consensual faz toda a diferença, e se isso não for possível é muito importante respeitar o espaço do outro e também o seu tempo.


Leia também: Qual idade certa para namorar?

Sobre Vinícius Santos 9 artigos
Psicólogo clínico (CRP-03/18027) e redator escreve no Tribuna Universitária sobre dicas de comportamento e saúde mental

Seja o primeiro a comentar

Comente!